Será que isso é bom mesmo?!

Será que isso é bom mesmo?! Você realmente usa isso?

Se não tiver com tempo pra ler, ouça aqui (só clicar no play):

O ponto que me refiro é: será que Xuxa realmente usava Monange?! (oohhh a idade sendo denunciada).

Bem-vindo a 2020. Ainda não temos carros voadores, o tele transporte (desintegração da matéria e reintegração) também não veio, ainda, mas algo talvez não tão previsto surgiu, a popularização da influência e a propaganda acessível, por 5 reais, a qualquer vendedor.
A pouco tempo atrás havia poucos meios de comunicação de massa, basicamente TV, rádio e jornal. A publicidade se limitava a esses meios sobre preços inviáveis aos pequenos e médios empresários. Logo era fácil manipular nossa opinião sobre o que gostamos, em quem votamos, a comprar o que compramos, e ir onde vamos. E não que isso deixou de acontecer, porém há mais clareza e uma pequena disseminação de informações sem um segundo interesse, ou interesse real aberto.
Com o advindo da internet, houve a polarização das informações, das opiniões e consequentemente os nichos e subnichos (corredores, petlovers, os barbudos, meninas poderosas). Isso é um fato e não volta para trás, sendo assim, como tudo na vida, o que importa é o presente, e como as coisas são hoje. O futuro só causa ansiedade e o passado depressão. E claro, o passado é importante para não cometermos os mesmos erros (nossos ou de outros da história) e o futuro, para planejarmos com mais assertividade para onde iremos, mesmo sem garantia de que dará certo ou que estaremos vivos.
Essa polarização das informações sobre os nichos e subnichos da sociedade, fez com que uma pessoa completamente anônima, torna-se pública em alguns anos através de likes, comentários, seguidores e inscritos. E dessa novidade vieram as novas formas de publicidade e consequentemente novos formatos de “induzir” a interesses secundários.

Se quiser aprofundar na reflexão, recomendo a leitura da “Revolução dos Bichos, de George Orwell e Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley.

O Henrique Andrade, do canal Pra Quem Pedala, fala no vídeo “Porque as marcas patrocinam atletas???(Influenciadores vs. Atletas)”, comenta dos interesses das marcas envolvidas no universo do mountain bike em ter suas marcas expostas por “influencer”, bons comunicadores, não qualquer influencer, mesmo que esses nem sejam atletas de ponta. E tudo isso com o único interesse: vender mais equipamentos a clientes.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=ej9Qr-axB3s[/embedyt]

A Rede Globo, em declínio, mas nada boba, produziu em sua última novela do horário nobre, a vida de uma “influencer” da moda. Afinal com tanta gente querendo se tornar “famoso”, falar sobre o assunto é manter esse público ligado nas telas para poder vender publicidade a grandes marcas. Independente de viés político, é só uma empresa querendo lucrar, manter seus empregados, girar a economia, e entregar seus serviços aos clientes com qualidade. Maravilha.

O Influencer é uma Rede Globo, com “apenas” 70mil seguidores (quando reais, claro), 100mil seguidores, que também tem a função de disseminar informações segmentadas em troca de publicidade de marcas segmentadas. Simples assim!

O ponto que venho chamar atenção é sobre realidade e autenticidade das indicações. Será que a Xuxa usava Monange, ou essa empresa pagava uma bolada para ela?! Será que a Caloi Elite Carbon é boa mesmo, ou pagam para falar “bem” dela? Será que o suplemento que te indicam é ideal para você ou é o que mais rende para o influencer? Será que os treinos da Teiú são bons mesmo?

Bom, o meu interesse está claro, eu quero você treinando, evoluindo no esporte dentro do seu tempo, das suas possibilidades, com os recursos que você tem, para fazer a diferença em alguns aspectos da sua vida. No humor, na qualidade do sono, no seu foco, na sua saúde e no seu convívio social.

Se quiser continuar essa conversa comigo, nos pós treinos, na parte fácil do treino é só conferir no calendário da Teiú, têm treinos todos os finais de semana. Vem!

Conheça nossos programas de treinamento e tenha resultados concretos, reais e sustentáveis:

WHATSAPP

Acompanhe a Teiú na net:
Instagram: @teiuaventura
e-mail: leandro@teiuaventura.com.br

Ficou com alguma dúvidas? Fale agora por Whatsapp…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *