Você tem medo de fazer isso no MTB?

Você tem medo de fazer isso no MTB?

Sabe aquele convite que você recebe de amigo, treinador, parceiro e pensa: “- Mas lá tem aquela descida que tenho medo” ou “- Lá é cheio de pedrinhas”.
É sobre esse sentimento que vou falar com você. Isso mesmo, um sentimento que bloqueia você e de ter uma nova experiência desconhecida. E esse sentimento, vem lá dos primordios onde, nos seres humanos, corriamos muito risco de vida apenas ao sair da caverna para caçar e comer. Praticamente só havia um jeito de caçar, um jeito de se banhar, um jeito de se acolher, e tudo isso apenas para nos manter VIVOS e propagar a espécie. E é daí que criamos tantos bloqueios e limitações.
Eu adoro animação, até por que elas são feitas pra familia assistir, não apenas para crianças, logo há muitas lições, conceitos e teorias embutidos na mensagem desses filmes. E uma animação que reflete EXATAMENTE isso que estou levantando aqui, é o filme “Os Croods”, que se passa na época das cavernas, e há um pai de familia que os protege para manter todos vivos e tem medo de tudo que é novo. Assista com seu(s) filho(s), sobrinho(a) você irá se divertir e desenvolver uma mente pra superar aquela subida, descida e pedras que você tem medo para transpor.
No livro do Osho, Coragem – O Prazer de Viver Periogosamente, o qual também recomendo, você verá que a diferença entre um corajoso e alguém com medo é muito pequena, é basicamente a CORAGEM de ir com medo mesmo e assim APRENDER, uma nova forma de pensar, novas maneiras de agir, novas habilidades com o corpo e o ambiente.
Quando criança, não tinhamos esse filtro da coragem, logo eramos destemidos, cheios de coragem. Com o passar do tempo e com as lições positivas, mas também limitadoras a que fomos expostos, nos moldamos de forma que nossos medos superem nossa coragem.
Sendo assim, o livro apresenta que mesmo o CORAJOSO tem medo. Então se todos nós temos medo, o que fazer?
Você deve controlar seu medo. Ter consciência que ele existe, ele virá e você terá que lidar com ele. Mas calma, eu sei que não é fácil, então você precisa de um estratégia, um método, um caminho.
Recomendo que você tenha pequenas vitórias de cada vez, por exemplo, uma descida no mountain bike que você tem muito medo e possui 500 metros. Você colocará uma meta para descer sobre a mountain bike por apenas 100metros ou até um ponto de referência e seguirá com medo mesmo até esse ponto, os demais 400metros você irá descer andando fora da MTB. Pronto, você já conseguiu um pequena vitória, e caso não tenha conseguido, mude para 50metros, o que você precisa é de vitórias pessoais. Assim você irá se munindo de CORAGEM, de segurança, de EXPERIÊNCIAS que você nem sabia que era capaz. E você pode fazer isso com uma subida também. Ao longo dos treinos, coloque metas maiores, e colecione vitórias, não para o Strava, não é para mostrar para o seu treinador (apesar que eu gosto de ver treinos fortes dos meus alunos…rs), não é para o seu companheiro(a) de vida ver, é pra VOCÊ.
Essas vitórias te levaram para outro nível, pra outras vitórias, para muitas outras superações de medo, e conscientemente colocar sua CORAGEM acima do seu medo.
Comece nesse final de semana, vá pelo lado que tem aquela descida, aquela subida, aquelas pedras que você tem receio, medo e coloque pequenas metas pra você superar e fazer sua coragem sobrepor ao medo.

Conquistar uma vitória pessoal significativa começa com uma ação de cada vez.

Bom pedal. CORAGEM!!! Aahh… compartilhe essa mensagem, se você tiver coragem..rs!

Acompanha a Teiu no Instagram

Conheça nossos treinos por nível de final de semanal;

Quer tirar alguma dúvida, tecle aqui no Whatsapp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *